Mês: Março 2016

4 sinais de que está na hora de investir em uma loja virtual

A jornalista por formação e empreendedora por vocação Thiara Ney, proprietária da papelaria virtual “Tuty – Arte&Mimos”, sempre teve habilidades manuais e gosto por decoração. Por conta do seu talento, ajudava nas decorações de festas familiares e de amigos. No entanto, nunca pensou em transformar o seu hobby em algo lucrativo.

Até que um dia, após fazer toda a decoração de um chá bar, foi incentivada por sua melhor amiga a abrir o seu próprio negócio. Com o apoio da mãe e do marido, ela resolveu apostar as suas fichas no seu talento e deu certo.

Sem pensar duas vezes, Thiara preferiu abrir logo uma loja virtual em vez de uma física por uma série de razões. Ela já havia tido uma experiência em um quiosque de shopping e não gostava dos altos custos e dos horários puxados. Com uma loja virtual, ela tem flexibilidade de horário e trabalha de casa.

Casos como o de Thiara se repetem. Não faltam exemplos de empreendedores que apostaram no comércio eletrônico como um passatempo e acabaram o transformando em ocupação principal.

Se você também tem um pequena ideia brotando ou faz algo muito legal que, com certeza, atrairia compradores, por que não investir em uma loja virtual?

Quer saber se esse é o momento de investir em um e-commerce? Então, confira quatro sinais de que você está pronto para embarcar nesse negócio:

Você quer ter sua própria empresa

4sinais

Você cansou de trabalhar para os outros e está disposto a investir tempo e algum dinheiro em um negócio próprio. 

Além disso, você não vê problemas se precisar dedicar algumas horas do fim do dia ou das suas tardes de sábado e domingo para cuidar do projeto. Afinal, você já sabe que é preciso se empenhar para garantir o sucesso.

E Thiara confirma a tese: “com a loja virtual, eu encontro muito mais flexibilidade, posso trabalhar de onde quiser, na hora que for mais conveniente para mim. Mas é importante destacar que isso não significa trabalhar menos, é somente ter flexibilidade”.

Você sabe tudo sobre um mercado, inclusive as lacunas que ele têm

Você entende tudo de um determinado assunto, está sempre por dentro das novidades, conhece as principais lojas do ramo, acompanha blogs, notícias e redes sociais que tratam sobre o tema.

De tão imerso nesse “mundo”, você vive tendo ideias para lucrar com ele, mas não costuma levá-las muito a sério. É hora de colocar a mão na massa.

Você provavelmente tem as informações certas para identificar o que falta no mercado para agradar esse público-alvo.

E o consultor de e-commerce Téo Costa lembra que muitas pessoas preferem comprar determinados produtos de pequenas lojas do que de grandes varejistas: “Quando o pequeno comerciante vende produtos de um mercado mais específico, o público se identifica mais e se sente muito mais confiante em comprar lá do que nas grandes lojas.”

Vontade de sobra, verba curta

Para começar uma loja virtual você precisará investir. Mas o valor pode ser muito mais amigável quando comparado a iniciar um empreendimento no mundo físico.

“Antes de trabalhar somente com papelaria eu tive um quiosque no shopping, vendia bolsas e acessórios femininos, e quase enlouqueci. Os horários são muito puxados e os custos altíssimos”, conta Thiara.

Portanto, se você quer começar a empreender, mas não tem muita verba para investir, o comércio online pode ser uma solução.

Nesse momento inicial, você pode ser multitarefa e lidar com quase tudo sozinho, economizando o dinheiro da mão de obra. Mas, veja bem, para isso é preciso que você tenha um planejamento pessoal e profissional bem traçado que deve ser seguido à risca.

Você não quer trocar o certo pelo duvidoso

Empreender sempre foi um desejo seu, mas você gostaria de começar a fazer isso sem precisar largar seu trabalho atual. Jogar tudo para o alto pode ser arriscado, você tem alguns compromissos financeiros que devem ser cumpridos mensalmente e precisa da segurança do salário mensal.

Apostar em uma loja virtual é o melhor caminho nesse caso, já que no começo você poderá conciliar as duas funções.

O segredo será administrar bem o seu tempo, definir prioridades e ter os fornecedores certos.

Costa sugere contar com um sócio que entre com a mão de obra, ou mesmo já um funcionário, no início dessa empreitada. “Não dá para responder os e-mails dos clientes depois que chega do trabalho já cansado. Sem contar que a acaba a vida social. Então, é preciso ter um profissional para responder e-mails, fazer o atendimento online, preparar as embalagens e encaminhar para os correios.”

Com essa mãozinha extra, a sua loja pode decolar sem a sua presença oito horas por dia.

E então, você apresenta algum desses sinais? Se sim, é melhor levá-los a sério, eles podem estar indicando o caminho do seu sucesso profissional!

Clique aqui para saber o que você precisa para ter sua loja virtual?

5 dicas para comércios de bairro captarem clientes

12112124_10201206028348348_5304135119852142050_n

O marketing digital pode parecer bem complicado para micro, pequenas e médias empresas. Não é diferente para empresas locais, comércios de bairro, vocês encontram ainda mais dificuldades para entender como fazer os anúncios no Google, como encontrar a empresa certa, o profissional certo e ainda dar conta de atender clientes, cuidar dos vendedores, estoque, fornecedores… ufa!

Sabendo disso, fizemos nesse texto curto, feito para você que tem um comércio local, uma empresa regional, aplicar 5 dicas para começar já a trazer novos clientes por meio do site.

1. O Mobile (smartphone e tablet) não é tendência é realidade.

Grande parte da demanda regional nasce de buscas realizadas a partir de dispositivos móveis, celulares, tablets, muita gente quer saber o que tem de interessante a sua volta, tanto na busca do Google, ou utilizando aplicativos como o Waze, Google Maps. É fundamental cadastrar seu negócio no Google Meu Negócio, assim você aproveita todas essas oportunidades, principalmente se o segmento for de serviços, restaurantes, padarias, mercados, docerias, mercados e etc.

 2. Google AdWords só para a sua região

A boa notícia para empresas regionais é que o custo por clique das suas campanhas será muito mais barato, mescle palavras-chave voltadas ao seu negócio com o nome dos bairros que a sua região atende, você pode conseguir um clique até 90% mais barato e taxas de conversão bem agressivas (cliques que converterm orçamentos).

 3. Faça anúncios no Google Waze

Com 50 reais por mês já é possível aparecer para todos aqueles que utilizam o Google Waze na sua região. Você pode até achar que não vale a pena, mais saiba que já são 4 milhões de brasileiros cortando o trãnsito com o GPS inteligente, teste o Waze nesse link.

 4. Marketing Fonado

Você já ouviu falar em marketing fonado?

Funciona assim, mapeamos os telefones fixo que tenham o perfil do consumidor do seu comércio local e entramos em contato com cada um deixando uma mensagem promocional, como por exemplo: “Olá, você sabia que a XPTO, loja de esportes mais próxima de você, está com um liquidação especial? Venha nos visitar, mencione essa mensagem e ganhe um desconto exclusivo”.

Esse tipo de publicidade tem um excelente retorno e pode ajudar muito a sua empresa a crescer.

 5. Fale a linguagem do seu bairro.

Não tem nada melhor do que sentir-se em casa sem estar em casa, utilize a linguagem, fatos características, fotos, símbolos do bairro em cada banner, página, que estiver em contato com o público-alvo, isso vai gerar uma empatia única e aumentar as chances de negócio.

6. A internet é o meio que exerce maior influência nas decisões de compra.

Esperamos ter ajudado a clarear um pouco mais as suas idéias sobre o marketing digital, o que acha de começarmos uma campanha para ajudar a sua empresa a conquistar novos clientes?

Fonte: Goomark

Oração milagrosa e infalível para aumentar suas vendas

Nesses tempos de crises e incertezas, surge a preocupação sobre o futuro dos negócios em qualquer ramo que necessita vender produtos e serviços. Além de focar em um planejamento sério, buscar soluções criativas para demonstrar diferenciais que atraiam o cliente ou se reinventar para conseguir se manter forte no mercado, não custa nada pedir uma ajudinha divina para que os negócios melhorem.

Trabalha no comércio ou na prestação de serviços? Em momento providencial, confira uma oração milagrosa para aumentar as vendas!

pai-nosso

Marketing nosso que estais no céu

Para as aumentar as vendas, as ações de marketing funcionam como uma verdadeira divindade. Apenas com ele, independente da forma que é realizado, seja no formato digital, nas maneiras tradicionais ou mesmo no boca a boca, é que é possível fazer com que seus produtos ou serviços sejam vistos por mais pessoas. Assim, sua rentabilidade cresce e o sucesso do seu empreendimento chega aos céus.

Ajudai-me a entender a mente do meu cliente

Mais importante ainda do que ter toda a infraestrutura para colocar suas mercadorias na rua é saber exatamente para quem vender. Isso chama-se segmentação. Compreender a mentalidade dos potenciais compradores, saber onde eles estão, por quais canais se comunicam mais e como abordá-los, é uma tarefa árdua, mas extremamente necessária para que sua vida como comerciante não seja um verdadeiro inferno.

Perdoai-me pelos mailings comprados

Como falamos no tópico acima sobre a importância da segmentação, uma estratégia utilizada sem o mínimo escrúpulo por vários vendedores é a chamada compra de mailings. Muitas vezes, esses contatos adquiridos sem a autorização das pessoas envolvidas vem sem qualquer tipo de segmentação, sendo apenas mais uma forma de perder tempo e dinheiro ao tentar conseguir o milagre de vender para alguém daquelas listas.

Perder dinheiro e tempo quando se está tentando aumentar as vendas das suas mercadorias é um pecado mortal.

Dai-me sabedoria para escolher a melhor parceria

O marketing digital é uma das formas mais eficazes e rentáveis de divulgação de praticamente qualquer tipo de produto. Mas divulgar as suas mercadorias na internet requer bastante conhecimento por parte da empresa contratada, no que diz respeito tanto às expertises relacionadas ao ranqueamento nos sites de busca, quanto à forma de conversar com o seu público, das decisões a serem tomadas a partir de indicadores e métricas, e até na identificação das pessoas com mais possibilidades de adquirir os seus produtos ou serviços.

Caso a empresa de marketing digital não saiba fazer seu trabalho direito, não há santo que faça com que suas vendas tenham um resultado satisfatório.

Livrai-nos da concorrência desleal

Na atividade comercial existem alguns concorrentes que são como verdadeiros demônios para os nichos de negócio. Sem critério ou ética alguma para realizar a precificação dos seus produtos ou serviços, estão sempre desvalorizando o seu próprio esforço, assim como o trabalho de todos os seus concorrentes no intuito de alavancar as vendas. Deus nos livre destes tipos e que todos tenham a pureza de demonstrar seus diferenciais de uma forma mais racional.

Que eu consiga aumentar as vendas de todos os meus peixes. Amém

Independentemente das crenças, da espiritualidade, e dos costumes de cada vendedor, que todos tenham sucesso em convencer seus clientes,em lançar mercadorias que trarão satisfação para as pessoas, e principalmente consigam fazer com que seus negócios sejam cada vez mais rentáveis. Nesse mundo imenso de necessidades e soluções a apresentar, existe espaço para qualquer filho de Deus, não é?

Têm mais algum pedido para acrescentar nessa oração milagrosa para aumentar as vendas? Aproveite os comentários abaixo e diga pra gente!

Negócio Online X Negócio Offline – Prós e Contras.

A maior parte das pessoas, que querem ser empreendedores ou tem este perfil, pensa em um dia ser o seu próprio patrão, trabalhar para elas mesmas e não mais trabalhar para os outros. Resumindo: ter o seu próprio negócio!

De acordo com a pesquisa do Sebrae ( GEM 2013 ), no Brasil, cerca de 71% dos empreendedores fazem isso por que enxergam uma oportunidade, e 28% empreendem por necessidade.

Neste artigo eu vou te mostrar os prós e contras em ter um negócio online e os prós e contras em ter um negócio tradicional, com ponto de venda, funcionários, etc.

Negócio Online X Negócio Tradicional – prós e contras

Conforme mencionei no inicio deste artigo, a pesquisa de 2013 do Sebrae indica que o Brasil está à frente dos 5 países do grupo dos BRICS, onde a proporcão de empreendedores por oportunidade chega em 61% na Índia, 65% na Russia, 66% na China e 70% na África do Sul.

Com estes dados em mãos, é fácil dizer que a maior parte das pessoas pensam em encontrar uma oportunidade, para ter o seu próprio negócio, e com isso conseguir a tão sonhada liberdade.

“No meio da dificuldade encontra-se a oportunidade.” Albert Einstein – Twitte Isso!

O Nicho ou micro-nicho

Um ponto em comum, tanto para o negócio online quanto para o negócio tradicional, é definir o nicho ou micro-nicho com o qual você irá trabalhar. Neste outro artigo eu passo mais informações sobre nichos.

Clique e veja o artigo.

Em um negócio tradicional, por exemplo, Se você já trabalha como cozinheiro(a), você já tem expertise nesta área, e se você gosta do que faz, com certeza irá pensar em abrir uma lanchonete, um restaurante, etc.

O mesmo acontece em um negócio online: primeiro você precisa definir o nicho ou micro-nicho. Vamos seguir o exemplo anterior: Se você gosta de cozinhar, pode fazer um site de receitas.

Mas ai você me fala: Poxa Ricardo, já tem diversos sites de receitas, e até grandes portais que tem uma seção/site só de receitas!

Eu respondo: Sim! Isso é verdade!

Mas você pode criar um site, onde ensine receitas vegetarianas por exemplo, ou usando ingredientes simples, receitas rápidas, etc.

Viu como as idéias vão surgindo? Basta começar a pesquisar um pouco, e as idéias vêm.:)

Mas a grande questão é procurar fazer o que você gosta ou tem vontade de aprender, caso contrário, você não irá evoluir o seu negócio, e o pior, pode até falir!

O Negócio Online

Vamos começar analisando o negócio online, que hoje em dia está fazendo a diferença para muitas pessoas.

Depois de definido o nicho de mercado, o negócio online é basicamente constituído de:

  • Um domínio ( seudominio.com, seudominio.com.br, etc)
  • Uma hospedagem para seu site
  • Site institucional ou blog (ou até mesmo os 2 tipos)
  • Página(s) de captura
  • Um serviço de e-mail marketing ou auto-responder ( este item talvez seja um dos mais importantes para tudo funcionar! )

Com isso você já está apto a começar seu trabalho!

Partindo do nicho de exemplo ( receitas ), seu dever será produzir receitas que estejam de acordo com o nicho escolhido. Se você definiu que vai se dedicar a receitas vegetarianas, você precisa produzir este tipo de receitas.

Como estamos analisando o negócio de forma mais prática, não vou me aprofundar em formas de divulgação, etc. Isso será assunto para outro artigo 😉

O Negócio Tradicional

Partindo do mesmo nicho de exemplo (receitas/gastronomia), depois que você definiu o que fazer, é hora de pesquisar um lugar para abrir seu restaurante/lanchonete. O seu próprio negócio está para nascer!

Da mesma forma que um negócio online, você precisará:

  • Alugar um local
  • Deixa-lo com a sua cara (reforma, fachada, etc)
  • Montar sua infra-estrutura (mesas, cadeiras, copos, talheres, fogão, mantimentos, etc)
  • Contratar funcionário(s)

Não vou listar tudo o que é necessário, pois o intuito é fazer uma comparação e te dar uma idéia de como tudo funciona.

O “Problema” do Investimento

Você já percebeu que para ter um negócio, seja ele online ou tradicional, é necessário fazer algum tipo de investimento, correto?

Infelizmente muitas pessoas pensam que para se ter um negócio online, é tudo “de grátis”. Basta ter um blog no blogger por exemplo, encher o blog de propagandas e pronto. Agora é só disparar uma tonelada de spam’s para aquela lista de 50 milhões de e-mail’s que comprou por R$ 9,90, e esperar o dinheiro brotar …

Esta é a maior mentira que já contaram! Não caia nessa!

A verdade é que muitas pessoas que começam assim, demoram séculos para ganhar alguns trocados, ou o pior, acabam desistindo no meio do caminho, e colocam a culpa em outras pessoas ou na própria internet, dizendo que é pura ilusão.

É preciso entender que se você quer ter um negócio, é preciso investir em infra-estrutura e ferramentas para manter o seu negócio funcionando.

Claro que se você comparar o investimento para manter um negócio tradicional, com tudo o que é necessário para deixa-lo funcionando, com o investimento que um negócio online exige, o negócio online requer muito menos investimento em dinheiro, mas em contrapartida, você precisa investir em conhecimento.

Você pode me perguntar: Perai, vou precisar estudar, Ricardo?

E eu respondo: Mas é claro que SIM! :)

Não dá pra escrever bons artigos, boas receitas (como o exemplo do nicho de receitas/gastronomia),sem ter conhecimento. A internet está cheia de conteúdo pronto para ser consumido, mas você precisa saber onde e o que pesquisar, senão ficará patinando sem sair do lugar.

No infográfico abaixo, estão apontados as principais vantagens e desvantagens de cada tipo de negócio.

infografico-negocio-online-offline

Infografico: Negócio Online X Negócio Offline

Conclusão

Seja qual for o negócio que você quer iniciar, é necessário investimento: começa com o seu tempo para organizar sua idéias e definir o que você quer fazer e depois vem o investimento na estrutura do seu negócio. Não há como fugir destas regras básicas.

Se você quer se aprofundar mais em como montar um negócio online assine nossa newsletter e receba semanalmente nossas publicações.

Fonte: webempreendedor.net

As 3 competências do Marketing Online de atração.

Loja virtual

Depois de ler este pequeno artigo, você vai se sentir mais confiante em sua capacidade de transformar o seu negócio online e leva-lo para o sucesso que você sonhou e construir uma comunidade raivoso de assinantes ou seguidores de seu conteúdo.

Marketing de atração online está se tornando padrão em que qualquer pessoa e em qualquer lugar,  pode criar um negócio lucrativo usando certas estratégias.Quando tomei conhecimento do marketing online, eu não tinha certeza do que isso significava. Como muitos de vocês, eu pensei que era sobre ter algo para vender online. Mas ao longo do tempo, comecei a tomar conhecimento de como os comerciantes bem sucedidos fazem implementação de estratégias para colher enorme sucesso em seus negócios.

Há apenas uma solução para esse tipo de desafio. Saiba três competências essenciais que têm sido benéficos para o meu negócio online e use para ajudar no seu.

Pergunte a si mesmo… Qual seria a sensação de experimentar o verdadeiro sucesso no meu negócio online? A resposta é tão simples como contar até 10.Mas, antes de descobrir o que isso significa, deixe-me fazer uma sugestão: Não desista! Não importa quanto dinheiro você gastou, ou como muitos dos chamados “gurus” tenha feito você deixar de acreditar, não desista!

Você pode imaginar o que seria a sensação de finalmente ver o dinheiro fluindo para sua conta por causa de estratégias simples fácil de usar?

Então, o que é o marketing de atração e qual a maneira de faze-lo? Não é nada novo;vendedores tradicionais têm vindo a utilizar este método, pois a indústria de vendas está em migração para o marketing online. Nós já o utilizamos em nossa vida cotidiana, é simplesmente, uma forma de comunicação que é atraente para os outros, assim, resultando em vendas, suporte, conselhos se necessário, ou qualquer outra coisa que nós queremos.

Marketing de atração online é feito um pouco diferente, porque você não tem o encontro com o cliente face-a-face. A fim de ter o mesmo nível de persuasão, você deve aprender a orquestrar habilmente suas palavras para fazer a conexão com o seu público. palavras “magnéticos” que têm a capacidade de agarrar a atenção no nível subconsciente mais sutil e o leitor não sabe realmente o que eles são puxados para o conteúdo até que tomar medidas.

Agora que você compreende a definição básica de marketing de atração, vamos examinar as suas 3 competências.

A = Alinhar a sua mensagem com o seu público de maneira autêntica. Quando você sabe de um determinado assunto deve saber como transmitir isso. Quando você está tentando vender algo, ele aparece como irreal . Mantenha-o real – a única maneira que você pode fazer isso e faze-lo persuadir com sucesso do seu público, é para ser autêntico e aprovar apenas que você já tenha experimentado. As pessoas são inteligentes e eles podem manchar seu produto dentro de segundos. Não subestime seu público-alvo.

B = Acredite em seus produtos ou serviços, e na sua capacidade de ajudar o seu cliente-alvo com qualquer queixa. É importante ser acessível para o seu cliente e assegurar-lhes que o que você está oferecendo é de qualidade. Mas lembre-se, quando o cliente sente que você é uma pessoa de qualidade, que não terá qualquer problema em acreditar que você representa um produto de qualidade.

C = comunicar e se conectar de uma maneira consistente. Seu público quer ouvir de você de uma forma agradável, direto. Consistência implica uma base regular, mas a chave é definir a agenda de uma forma que o público espera de ouvir de você. Faça com que cada peça de comunicação possa conectar-se com seu público em vez de um “discurso de vendas” para comprar o seu produto.

Use estes 3 conceitos de marketing de atração e estratégias para o seu negócio online hoje através de um sistema projetado para o seu sucesso online.

Veja as 10 desculpas que você deve parar de usar agora mesmo para não abrir seu negócio online.

Como diz a frase célebre de Albert Einstein: “O único lugar em que o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário”. Não tem jeito, se o seu sonho é abrir seu negócio próprio e investir em sua ideia, é preciso batalhar, ser persistente e encarar as dificuldades como oportunidades.

Pode parecer muito clichê, mas o fato é que dificilmente você vai ler a história de alguém que se deu bem sem suar a camisa antes. A melhor forma é se concentrar e acreditar em você mesmo. Para isso, que tal começar eliminando aquelas “desculpinhas esfarrapadas”? Confira dez delas, logo abaixo, e corte-as agora mesmo do seu vocabulário.

1 – “Não sei por onde começar”

Você acha que tem a ideia perfeita e o dinheiro necessário, mas não sabe como fazer seu negócio acontecer. Não é desculpa.

O que você precisa é ter coragem para dar o primeiro passo. Se quiser se sentir mais confiante, procure conhecimento. Busque na internet e em livros tudo o que precisa saber para começar um negócio e vá em frente.

A resposta: O portal do Sebrae oferece cursos a distância sobre como iniciar um pequeno ou grande negócio. Além disso, alguns livros também podem ajudá-lo a começar. Um exemplo é: Do Sonho à Realização em 4 Passos, de Steven Gary Blank.

Aqui na AprendaMarketingOnline, há uma série de textos que também pode ajudar quem está começando:

2 – “Estou velho para isso”

idoso1

Se você for encarar a vida com essa visão, sempre será tarde demais para tudo. Por isso, esqueça esse pensamento, pare de perder tempo e corra atrás dos seus sonhos.

Você se lembra daquele ditado “antes tarde do que nunca”? É exatamente isso que as pessoas que não têm medo de empreender, em qualquer idade, pensam.

A resposta: Um levantamento do SEBRAE, juntamente com o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade, apontou que 8,8% das novas empresas criadas no Brasil em 2013 tinham à frente um empreendedor com mais de 65 anos.

⇒ Para se inspirar

Marck Krauze, sócio-fundador do aplicativo Ezmall, focado em atrair consumidores para lojistas de acordo com a localização, é um exemplo de empreendedor que começou sua startup depois dos 40 anos. Sua empresa espera faturar 7 milhões de reais até o fim deste ano.

3 − “A economia do país (ou do mundo) está em crise”

3-1430439144113_600x250

 

É fato que não estamos vivendo o melhor momento econômico no Brasil, mas isso não pode ser mais um motivo para adiar sua empreitada.

Se por um lado o consumo cai com a economia em recessão, por outro o cenário pode ser mais favorável a um novo negócio, pela baixa competitividade.

A resposta: No comércio eletrônico, por exemplo, a crise parece estar sendo ignorada pelos empreendedores. Pesquisa recente do Ibope Conecta, mostra que 85% acreditam que o setor seguirá crescendo este ano, com resultados superiores a 25% para um terço deles. Os outros dois terços apostam em alta de até 20%.

Talvez para quem queira começar um negócio esse ano, o online seja o melhor caminho. Procure identificar oportunidades que ninguém está explorando ainda, focando em necessidades do consumidor.

⇒ Dica: Um bom exercício para se colocar no lugar do consumidor e descobrir suas necessidades é praticando a técnica do Design Thinking.

4 – “Ter um emprego é mais seguro do que empreender”

4-1430439264228_600x250

Pode até ser verdade, mas isso não deve impedi-lo de se arriscar em busca do seu sonho. A verdade é que na vida sempre teremos de correr riscos se quisermos sair da zona de conforto e buscar nossa realização, seja pessoal ou profissional.

A resposta: Para se sentir mais confortável nessa mudança, você deve se planejar, ter um pé de meia para conseguir pagar suas dívidas enquanto seu negócio ainda não gera lucro. Além disso, você pode buscar mentores, investidores ou sócios que possam ajudá-lo com o trabalho antes de largar o emprego definitivamente.

5 – “Mas há muita concorrência”

5-1430439335001_600x250

Boa notícia. Isso significa que você escolheu um segmento promissor e com alto número de consumidores.O grande segredo vai ser, então, procurar oportunidades nesse mercado que ainda não foram exploradas por outros negócios.

A resposta: Para ajudar a se diferenciar de seus concorrentes, você deve estudá-los. Isso inclui mapear quem são as empresas que atuam diretamente no seu segmento e também aqueles que não são concorrentes diretos, mas que podem influenciar no sucesso de seu negócio. Faça um plano descrevendo quais são as principais forças e fraquezas dessas empresas, preços, condições de pagamento, estratégia de promoção e produtos oferecidos.

Com essas informações, você ficará mais preparado para encarar o mercado e conquistar seus consumidores.

6 − “Não tenho o dinheiro suficiente”

6-1430439387284_600x250

Ser um empreendedor é a arte de conseguir fazer tudo com poucos recursos, principalmente no começo. Você precisa ser criativo para conseguir se dar bem com pouco investimento.

A resposta: Você pode recorrer a um empréstimo ou procurar investidores dispostos a colocar dinheiro no seu negócio, assim não precisará desembolsar uma grana alta no começo. Para encontrar a pessoa certa, comece a frequentar eventos relacionados ao seu mercado, palestras e até redes sociais segmentadas, nelas você pode conseguir o parceiro ideal para ajudá-lo nas finanças iniciais.

⇒ Para se inspirar

Já ouviu a história da “startup de 30 reais”? Com apenas esse investimento, Jonny Ken fundou o Migre.me, um dos encurtadores mais usados no Brasil. O serviço chegou a registrar 300 milhões de URLs compactadas, o equivalente a 1,6 URL compactada por segundo.

7 – “Não tenho as competências certas”

7-1430439465436_600x250

Cada pessoa tem seus pontos fortes e fracos. Se você acredita que não tem todas as competências que seu negócio exige, então pode buscar um sócio. Essa segunda pessoa deve ser alguém que agregue exatamente aquilo que você acredita não ter.

Mas, há algumas habilidades que não tem jeito, se você não tem, precisa desenvolvê-las. Elas são importantes para quem quer empreender.

A resposta: O site Socioteca é uma rede social voltada para promover ideias e negócios. Lá, você pode interagir com outras pessoas e encontrar o sócio ideal.

Além disso, você pode procurar cursos gratuitos e muito conteúdo rico na internet para desenvolver e ampliar seus conhecimentos (tem alguns links lá na primeira desculpa).

8 – “Não encontrei a ideia perfeita”

8-1430439527571_600x250

E talvez você nunca a encontre mesmo, se é que ela existe. O que você deve fazer é acreditar na sua opção de negócio. Para se sentir mais seguro, procure fazer pesquisas de mercado e encontrar quais são as oportunidades nesse meio que você escolheu.

Além disso, muitas empresas começam de um jeito e, com o tempo, vão adaptando seu modelo de negócio.

A resposta: Para ajudar a sua criatividade e a busca por novas ideias, procure quebrar a rotina e fazer atividades nada habituais. Com a mente relaxada, as melhores ideias aparecem. Uma dica é buscar nichos para investir, quanto menos amplo for seu leque, maiores as chances de se tornar especialista e referência em um assunto.

Você também pode ler um livro e se inspirar na história de outros empreendedores.Quem sabe você não encontra a ideia perfeita ao ver como outras pessoas fizeram?

9 – “E seu eu falhar?”

9-1430439580358_600x250

e o seu negócio não der certo, você vai levantar a cabeça e falar com orgulho que pelo menos tentou. Na nossa cultura, o fracasso ainda é visto como algo negativo por muita gente, masele faz parte da vida de qualquer empresário de sucesso.Por isso, fique tranquilo, você não é o primeiro a passar por isso.

A resposta: Descubra onde foi que sua empresa errou, conserte e, como dizia Raul Seixas, tente outra vez. O primeiro passo será aceitar a situação, depois buscar conversar com outros empreendedores que também passaram pela mesma situação, isso vai ajudar você a superar o momento e seguir em frente e, quando estiver pronto, prepare-se para empreender novamente.

Para se inspirar

Grandes personalidades têm histórias de derrotas em seu passado, antes do sucesso. É o caso de Richard Branson, que lançou 400 projetos e ideias, que não deram em nada, até, finalmente, fundar a Virgin.

10 – “Não tenho tempo”

10-1430439604462_600x250

O tempo é igual para todos nós. O dia sempre vai ter 24 horas, e não adianta se lamentar por isso. Se você quer abrir sua própria empresa, deve adaptar sua rotina e administrá-la para encontrar o tempo que você precisa para se dedicar ao seu sonho de empreender. Isso também não é desculpa.

A resposta: Para ajudá-lo nessa organização de tarefas, você pode contar com aplicativos como o Free time, que analisa seus compromissos e enfatiza seus horários livres. Assim você saberá quando terá tempo disponível para se dedicar à criação do seu negócio.

⇒ Dica: Mensalmente, você encontra na academia artigos do especialista em produtividade e gestão de tempo, Christian Barbosa.

O Neotriad também é uma boa opção. Com ele você controla sua agenda e consegue ter uma visão global do que te faz gastar mais tempo.

E agora, qual vai ser sua desculpa para sacudir a poeira e começar e empreender?

R3Marketing

Snapchat para Empresas: Um Guia para iniciantes.

Você já ouviu falar de Snapchat?

Quer usá-lo para se conectar com seus clientes?

Snapchat é um aplicativo móvel que permite enviar snaps públicas ou privadas de imagens e vídeo para as pessoas a partir do seu smartfone.

Neste artigo, você vai descobrir como usar Snapchat  para se conectar com seus clientes.

O Snapchat Demográfico

Antes de aprender como as empresas podem usar Snapchat, vamos dar uma rápida olhada nos dados demográficos Snapchat fornecidos pela página de anúncios Snapchat.

  • Snapchat tem 100 milhões de usuários diários ativos.
  • 86% dos usuários de Snapchat estão na faixa etária emtre 13 á 37 anos.
  • 5+ bilhões de vídeos são vistos em Snapchat a cada dia.

É importante notar também que o orçamento mínimo para a publicidade no Snapchat recentemente caiu de US $ 700.000 a US $ 100.000. É por isso que, por agora, a menos que você é uma grande marca, o foco deve ser no crescimento de sua audiência e compartilhar conteúdo com eles organicamente.

# 1: configurar sua conta Snapchat

O primeiro passo para usar Snapchat para o seu negócio é a criação de sua conta Snapchat. Para fazer isso, você precisa baixar o aplicativo a partir da loja iTunes ou Google Play. Uma vez instalado, você vai ser capaz de se inscrever para uma nova conta Snapchat .

kh-snapchat-user-guide-2645

Primeiro, você vai digitar o seu endereço de e-mail , senha e data de nascimento.

kh-snapchat-user-guide-2647

Então você vai escolher o seu nome de usuário de 15 caracteres. Isto é algo que as pessoas terão de digitar para encontrar você, se eles não têm o seu snapcode (que eu vou falar na seção sobre a construção de seu público). Assim, você quer fazer algo que as pessoas vão pensar automaticamente de quando procurar o seu negócio, como tacobell, GrubHub, wwe, Zoológico da Filadélfia ou algo similar.

kh-snapchat-user-guide-2648

Uma vez que você tenha escolhido o seu nome de usuário Snapchat, você será solicitado a digitar o seu número do celular. As pessoas que têm o seu número de telefone na sua lista de contatos será capaz de encontrá-lo usá-lo a menos que você altere essa opção em suas configurações.

kh-snapchat-user-guide-2650

Depois de criar sua conta, você será levado para a tela onde você pode começar a criar posts e histórias, que eu vou discutir em detalhe mais tarde. Antes de começar a fazer isso, você quer tocar no ícone do fantasma na parte superior da tela para configurar o resto de suas configurações de perfil.

kh-snapchat-user-guide-2652

Na tela seguinte, toque no ícone de configurações no canto superior direito.

kh-snapchat-user-guide-2653

Digite seu nome em suas configurações. Você também pode inserir ou atualizar seu número de telefone e endereço de e-mail.

kh-snapchat-user-guide-2654

Se você não quer que as pessoas possam encontrá-lo com base no seu número de telefone,toque em seu número e alternar a opção para permitir ou não que os amigos encontre-o .

kh-snapchat-user-guide-2655

Na seção: configurar suas configurações de privacidade para permitir quem pode ver a sua história. Como um negócio, você pode querer começar por permitindo que todos possam enviar-lhe snaps e permitindo que todos possam ver a sua história.

Se você começar a receber posts que você julgar  vulgar ou impróprio, você pode querer alterar as configurações para permitir que apenas os amigos (pessoas que você adicionar) possam enviar-lhe snaps e só adicionar pessoas que você confia como amigos.

# 2: Adicionar amigos para Inspiração

Se você é novo para Snapchat, você vai querer adicionar amigos em busca de inspiração.Ao adicionar pessoas como amigos em Snapchat, você pode ver suas histórias mais recentes (com base em suas configurações) e permitir-lhes para lhe enviar encaixe.

Eles não serão capazes de ver suas histórias a menos que adicioná-lo como um amigo, e com base em suas configurações que você pode ou não ser capaz de enviá-los encaixar.

Comece tocando no ícone do fantasma na parte superior da tela para ver suas opções de adicionar amigos. Na tela seguinte, você verá a opção de adicionar amigos.

Quando você toque em Adicionar amigos, você está dado quatro opções.kh-snapchat-user-guide-2731

Primeiro, você pode digitar nomes de usuários específicos de pessoas que você conhece para adicioná-los como amigos. Você pode pesquisar no Google para ver se suas marcas ou celebridades favoritas estão no Snapchat. Você também pode procurar as redes sociais para encontrar usuários do Snapchat.

Por exemplo, você pode fazer o seguinte pesquisa no Facebook e em seguida, toque na opção para ver mais mensagens de amigos ou grupos para encontrar pessoas que conhece no Snapchat.

kh-snapchat-user-guide-search-facebook

Ou você pode manter a rolagem para ver os posts públicos onde pessoas e marcas partilham o seu nome de usuário Snapchat.

kh-snapchat-user-guide-search-facebook-1

Você pode pesquisar Twitter para a mesma coisa e usar mais opções para encontrar nomes de usuário de pessoas que você segue ou todos.

kh-snapchat-user-guide-search-twitter

Você também pode pesquisar Google+ . No novo layout, mensagens que correspondem à sua pesquisa será mostrada após comunidades e pessoas e páginas.

kh-snapchat-user-guide-search-google-plus

 

Além de encontrar nomes de usuário de pessoas em Snapchat, você encontrará lotes de snapcodes em suas pesquisas de mídia social. Estas são as imagens fantasmas, por vezes, personalizadas com a foto do usuário Snapchat.

kh-snapchat-user-guide-snapcodes-1

Sites como Snapcodes também compartilham dezenas de compartilhadas publicamente snapcodes para marcas, celebridades, políticos, estrelas de esportes e muito mais.

kh-snapchat-user-guide-snapcodesQuando você encontrar snapcodes como os acima , tire um screenshot ou salve as imagens para o seu telefone.

kh-snapchat-user-guide-2673

Então você pode escolher a opção para Adicionar por Snapcode . Isso fará com que as últimas fotos guardadas no seu telefone.

kh-snapchat-user-guide-2682

 

Toque nos snapcodes que você salvou assim o Snapchat pode digitalizá-los e convidá-lo para adicionar os usuários à sua lista de amigos.

kh-snapchat-user-guide-2683

 

Além de nomes de usuários e snapcodes, você pode adicionar amigos pelo Snapchat  através da sua lista de contatos. O Snapchat irá mostrar-lhe os usuários cujos números correspondem ou permitir que você convidar pessoas para Snapchat.

Finalmente, se você estiver com um grupo de pessoas durante um evento de networking, você pode convidar todo mundo. Isso vai permitir que todos possam adicionar uns aos outros em Snapchat.

kh-snapchat-user-guide-2684

 

 

Procurar Histórias

Depois de adicionar pessoas como amigas em Snapchat, você pode tocar nas três linhas ou número no canto inferior direito da sua tela ou deslize para a esquerda .

kh-snapchat-user-guide-2685

 

Isso levará você para a página de Histórias. Lá você vai encontrar histórias compartilhadas por seus amigos em Atualizações recentes.

kh-snapchat-user-guide-2686

Pense nisso como o seu feed de notícias Snapchat porque você vai ver as atualizações públicas daqueles usuários que você tem adicionado como amigos .

Note que algumas histórias são de anunciantes , e os recursos que têm disponíveis para eles são muito diferentes do que os que você tem disponível para você quando você compartilha histórias. Vamos discutir como fazer isso no final do post.

Como você pode ler histórias , você pode ver tocando na tela .Você também pode deslizar para baixo se você quiser sair da história sem terminar de ler. Se alguém está disponível para bate-papo, você vai vê-lo na parte inferior da tela.

# 3: Construir o seu público

Ao adicionar pessoas como amigos no Snapchat, eles serão notificados na seção Adicionado Me depois de tocar no ícone do fantasma na parte superior da sua tela. Eles, então, tem a opção de adicioná-lo como um amigo também tocando no + ao lado de seu nome de usuário.

kh-snapchat-user-guide-2687

Adicionando outros como amigos é a primeira maneira de começar a construir o seu público Snapchat, semelhante à tática de “seguir no Twitter a ser seguido”. A próxima forma é a captura de tela a sua snapcode, que surge quando você toca no ícone fantasma na parte superior da tela. Você pode recortar a imagem em seu telefone para mostrar o seu snapcode, nome de usuário e Snapchat.

kh-snapchat-user-guide-2653

Se você tocar em seu snapcode , você tem a opção de tirar um selfie para preencher o fantasma. Snapchat levará cinco fotos de você que vai ser transformado em um GIF animado.

kh-snapchat-user-guide-2690

Se você não gostar, você pode tocar no ícone para desfazer fantasma no canto superior esquerdo para mudá-lo de volta para o fantasma branco padrão.

kh-snapchat-user-guide-2691

 

Você também pode fazer o download do snapcode do site no seu navegador de desktop , entrando em sua conta. Neste arquivo, você vai ter um guia para snapcodes de edição, bem como versões PNG e SVG que você pode usar para criar um snapcode personalizado com o seu habitual foto do perfil , logotipo da empresa ou outra imagem no espaço fantasma . Você vai precisar de uma ferramenta de edição de imagem para fazer isso.

Usuários de Mac podem abrir o snapcode e outra imagem na pré-visualização. Selecione outra imagem (o seu perfil foto, logotipo, etc.), copiá-lo e colá-lo em seu snapcode.

kh-snapchat-user-guide-snapcodes-2

 

 

Alternativamente, você pode usar uma ferramenta de edição de foto livre simples como Gimp para selecionar o branco na imagem e torná-lo transparente colorindo-o para Alpha (saiba como fazer isso aqui ).

Em seguida, abra a sua foto do perfil ou a outra foto, certifique-se que é menor do que o tamanho da imagem snapcode (1024 x 1024), e colá-lo na imagem snapcode. Em seguida, use a opção de aumentar Layer (sob a Camada> menu de Stack).

Este deve ser o resultado uma vez que você mudou sua imagem no lugar certo.

kh-snapchat-user-guide-snapcodes-4

 

Agora você pode compartilhar sua snapcode costume em suas outras redes sociais para incentivar outros usuários Snapchat a segui-lo . Eu sugiro que você deva compartilhar tanto o snapcode e seu nome de usuário para que as pessoas podem facilmente adicioná-lo .

kh-snapchat-user-guide-snapcodes-5

 

Você também pode adicionar seu nome de usuário e sua snapcode personalizado para o seu site em um post especial blog ou em um Sobre ou siga-nos página para incentivar os visitantes do site para segui-lo no Snapchat.

kh-snapchat-user-guide-snapcodes-7

 

Você pode até querer mudar a sua foto do perfil no Facebook, Twitter e outras redes para Snapchat os usuários podem encontrar o seu snapcode quando você está construindo o seu público Snapchat.

kh-snapchat-user-guide-snapcodes-6

 

Você pode ver as pessoas que adicionaram você como amigo no Snapchat tocando no ícone fantasma na parte superior da tela e, em seguida, tocando Adicione .Quando você obter novos amigos, você verá uma contagem.

kh-snapchat-user-guide-2708

# 4: Criar Histórias e enviar Snaps

Há duas maneiras de manter seu público envolvido com o seu negócio no Snapchat: criar histórias e enviar snaps. Pense em histórias como tweets públicos que as pessoas que adicionaram sua conta Snapchat como um amigo pode ver em suas histórias em Atualizações recentes.

kh-snapchat-user-guide-2686

 

Qualquer foto ou vídeo que você adicionar a sua história vai ser compilado em uma atualização para os seus amigos para ver um número ilimitado de vezes, até que as fotos e vídeos expirar em 24 horas. Este é, naturalmente, supondo que você tenha permitido que todos possam ver as suas histórias em suas configurações.

kh-snapchat-user-guide-2693

 

Snaps são mais como mensagens privadas. Elas são destinadas a ser visto apenas uma vez, embora você pode reproduzir encaixar uma vez dentro de 24 horas.

Para criar histórias ou enviar snaps, tirar fotos ou gravar 10 segundos de vídeo na Snapchat usando o aplicativo . Em primeiro lugar, use os ícones na parte superior esquerda para ligar o flash ( se necessário ) ou selecione dia / modo noite .

kh-snapchat-user-guide-2694

# 5: Edite a sua história

Quando você envia uma historia, ele é entregue quase imediatamente; portanto, você não tem opções para editá-lo. Quando você adicionar fotos e vídeos para a sua história, você tem algumas opções.

Sua história sempre aparecerá na parte superior da área de Histórias. Cada foto ou vídeo que você adicionar irá expirar após 24 horas. A quantidade de tempo que seus amigos têm que ver a sua história é indicado por quão cheio o círculo é.

Se você tocar nos pontos à direita de sua história , você vai ver as suas análises da história.

kh-snapchat-user-guide-2709

 

 

Você pode tocar na seta que aparece ao lado de sua história para baixá-lo como um vídeo antes de quaisquer partes dele expirar para que você possa compartilhá-la em outro lugar se você escolher.

kh-snapchat-user-guide-2710

 

Quando você toque em uma imagem individual ou vídeo em sua história , você pode tocar nos ícones à esquerda para ver quem tem visto a sua história e que tem compartilhou uma imagem da história.

kh-snapchat-user-guide-2712

 

Você também pode usar os ícones para a direita para apagar a imagem individual ou vídeo de sua história ou guardá-lo para o seu telefone.

kh-snapchat-user-guide-2713

 

# 6: conversar com seus amigos

Além de snaps de envio, você também pode conversar com seus amigos no Snapchat.Para fazer isso, toque na caixa ou o número no canto inferior esquerdo da sua tela .Em seguida, clique na caixa de bate-papo na parte superior esquerda.

kh-snapchat-user-guide-2728

Quando você selecionar o amigo que deseja conversar com, você tem duas opções. Se o ícone da câmera na parte inferior direita é amarela, você pode enviar um piscar de olhos, digitando algum texto e clicar no ícone amarelo.

kh-snapchat-user-guide-2729

Então você vai ser capaz de enviar uma imagem ou vídeo com o texto.

kh-snapchat-user-guide-2694

Se o ícone da câmera na parte inferior direita é azul, seu amigo também está em Snapchat. Isso significa que você pode vídeo chat com seu amigo tocando e segurando o ícone da câmera azul. Saiba mais sobre a funcionalidade de chat com vídeo aqui .

# 7: Download de conteúdo

Você quer começar a enviar snaps para as pessoas, mas você não tem certeza o que enviar? Snapchat realmente oferece uma maneira de selecionar conteúdo. Basta tocar em Discover.

kh-snapchat-user-guide-2709

Para compartilhar uma imagem ou vídeo dentro da história que você deseja compartilhar , toque e segure nele. Isto lhe dará a opção de editar a imagem ou vídeo, adicionando emoticons, texto ou desenhos. Você pode alternar desliga o som de vídeos, baixar a foto ou vídeo para o seu telefone e enviar a foto ou vídeo para seus amigos como snaps.

kh-snapchat-user-guide-2723

Esta é uma ótima maneira de começar a se desenvolver  seguidores para seu negócio.

Em conclusão

Snapchat é uma rede social exclusiva quando comparado com Twitter, Facebook, Instagram e outros. Como tal, oferece às empresas únicas maneiras de se conectar com seu público.

O que você acha? Você já usou Snapchat para o seu negócio? Você está pronto para começar?  Por favor, compartilhe seus pensamentos e experiências nos comentários!

Fonte: Social Media

R3mkt 2016

Já encontrou um nicho de mercado lucrativo? Como Encontrar um Nicho de Mercado em 20 Minutos ou Menos.

Está pensando neste ano em começar seu próprio negócio? No cenário atual, a melhor alternativa para começar a empreender pode estar no mercado online.

Alguns empreendedores que estão começando sua caminhada no marketing digital tem muita dificuldade em encontrar um nicho de mercado, que tenha volume de buscas e que seja lucrativo.

Eu já ensinei como encontrar um nicho de mercado neste artigo, mas este post é diferente, pois vou ensinar como você pode encontrar um nicho de mercado de forma muito rápida!

Antes irei apresentar 7 nichos que segundo os especialistas irão bombar em 2016!

Não basta ser uma loja virtual de nicho, é preciso que os produtos tenham algumas características que tragam mais vantagens em vendê-los a distância”,aconselha Mauricio Salvador, presidente da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm).

Confira algumas boas apostas de nichos para investir no mundo virtual em 2016, na opinião de quem entende do mercado online.

1.     Educação

Todo momento de crise é também um momento de oportunidade. Empreendedores que entenderem mais profundamente as demandas novas que surgirem do público podem ser beneficiados.

“Por exemplo, um negócio que vende cursos preparatórios para concurso público pode crescer neste momento em que as pessoas perdem ou temem perder seus empregos”, aponta Alan Pakes, especialista em empreendedorismo digital, idealizador do Congresso Nacional de Empreendedorismo Digital (Conaed).

Além de cursos preparatórios, a procura por cursos técnicos, de especialização e formação pode aumentar, visto que as pessoas estão em busca de aperfeiçoamento e recolocação profissional.

A oportunidade de ter aulas sem sair de casa e com horários flexíveis torna a plataforma digital ainda mais atrativa e adequada ao contexto atual.

2.     Conteúdos digitais

Para Mauricio Salvador, investir no nicho de conteúdos digitais pode trazer resultados positivos para o empreendedor. “As vantagens são peso e cubagem inexistentes, alta frequência de compra e facilidade de distribuição”, assinala o especialista.

Pelas características do segmento, os investimentos podem ser menores que os exigidos por outros nichos, já que não há necessidade de se preocupar com envios, embalagens e estoque, por exemplo.

Por outro lado, criatividade e inovação são essenciais para atingir o sucesso no setor. Na hora de investir na produção de e-books, peças audiovisuais, softwares, aplicativos, soluções para internet ou qualquer outro produto digital é preciso buscar um diferencial que seja capaz de atrair o público.

3.     Saúde

Por ser um nicho de primeira necessidade, investir em um empreendimento na área de saúde é uma boa pedida, mesmo em tempos de crise. Afinal, em meio a corte de gastos e economias, saúde é algo de que as pessoas não podem abrir mão.

“O segmento de saúde, além de também ser impulsionado pela crise, já vem em alta nos últimos anos. A velocidade do dia a dia tem gerado forte estresse na população, e por isso a busca por resolver problemas de saúde”, pontua Pakes.

Além disso, quem optar por um e-commerce de medicamentos encontrará facilidade em lidar com os produtos: leves e pequenos, é mais simples lidar com armazenagem em estoque, envio e frete.

4.     Qualidade de vida

A busca por uma vida saudável é cada vez mais frequente, especialmente entre os moradores das grandes metrópoles, que procuram, de alguma maneira, amenizar os males da correria do dia a dia.

“Observo que esse segmento vem apresentando destaque nos últimos anos e passou de uma condição de modismo para mercado real”, assinala Roberto Vilela.

Quem pretende investir nessa linha pode encontrar alternativas em segmentos diferentes: alimentação, vestuário, saúde. Entre as possibilidades de produtos, estão suplementos e vitaminas, alimentação saudável, roupas e acessórios específicos para práticas esportivas, moda fitness, produtos naturais, itens relacionados a treinos e dietas.

5.     Alimentação

Um dos mais consolidados setores do mercado brasileiro, a alimentação continua prometendo bons resultados para empreendedores que apostarem em modelos e produtos inovadores.

“Momentos de instabilidade no mercado fazem com que as pessoas busquem alternativas econômicas para lazer. Diminuem a frequência nos restaurantes e aumentam os pedidos de alimentação delivery; portanto, alimentação é uma boa aposta”, comenta Roberto Vilela.

Trazer os pedidos de um restaurante para a plataforma online não é a única forma de lucrar com esse segmento. Lojas virtuais especializadas na venda de alimentos são tendência – especialmente quando se trata de produtos diferenciados ou gourmet.

“As pessoas estão cada vez mais em busca de comodidade e alternativas práticas. Nos negócios físicos desse nicho, ainda existem lacunas que dificultam o atendimento desses novos consumidores”, pontua Thiago Sarraf, fundador da consultoria Dr. e-commerce e especialista em e-commerce.

6.     Artigos de culinária

Afunilando ainda mais, chegamos ao nicho de artigos para culinária. E-commerces que investirem em uma boa gama de produtos diferenciados e de alta qualidade, focando em um público que gosta de cozinhar, podem se destacar.

“Um segmento que observo com bom potencial para vendas online é o de acessórios para cozinha, principalmente para quem busca produtos específicos e diferenciados. A onda gourmet veio e tem tudo para manter-se por muito tempo, portanto, este é um setor que permite a aposta”, prevê Roberto Vilela.

7.     Serviços

O mercado online não é feito apenas de lojas virtuais que comercializam produtos. As empresas que apostam no oferecimento de serviços que podem ser contratados pela internet já são presença forte no meio.

“O mercado de prestação de serviços continua com boa procura, apesar da crise. A busca por contratação de serviços online virou um hábito para os brasileiros, por isso mostra uma grande oportunidade de crescimento”, aponta Sarraf.

Quem deseja entrar nesse segmento deve apostar em serviços que tragam soluções e praticidade para questões do dia a dia, oferecendo um alto valor agregado ao consumidor.

Como Encontrar um Nicho de Mercado em 20 Minutos ou Menos

A busca por um nicho de mercado que possa ser rentabilizado, ou seja, que possa gerar receita para o empreendedor é tudo o que os aspirantes e lógico, os experientes procuram.

Mesmo que você não saiba nada sobre o assunto, ainda assim é possível criar um negócio sólido e duradouro, em um nicho de mercado específico, e quando digo específico, entenda como: quanto mais específico melhor!

#1 – Encontrar um nicho de mercado chave para trabalhar

O Planejador de Palavras-chave do Google é grátis, e você só precisa ter uma conta no Google para utilizá-lo. Basta acessar o link acima, e efetuar o login, e vamos começar a brincadeira!

A primeira coisa que você precisa ter em mente, é que é preciso ter buscas com a palavra-chave que você tem em mente, e que exista um produto no mesmo nicho, para que você possa rentabilizar o seu projeto.

Ou seja, não adianta nada você iniciar um blog no nicho de meias brancas para mulheres ricas, sendo que não há um produto que você possa comercializar para este público, entende?

Depois que você acessar o Planejador de Palavras-chave, você verá a tela inicial, conforme a imagem abaixo:

planejador-de-palavra-chave-home-1024x593

Nicho de Mercado – Planejador de Palavra-chave – home

Basta clicar em Pesquisar novas idéias de palavras-chave e de grupos de anúncios, e a caixa de busca será mostrada. Como exemplo, eu fiz a busca por cupcake:

planejador-de-palavras-chave-busca

Foi só clicar no botão Obter Idéias, e acessar o resultado da busca. Aproveitei para filtrar os resultados, clicando na aba Idéias de palavras-chave, e ordenei os resultados pela Média de pesquisas mensais. Assim cheguei nos seguintes resultados:

planejador-de-palavras-chave-resultados

Nicho de Mercado – Planejador de Palavras-chave – Resultados

Note que a busca pela palavra-chave receita de cupcake está em primeiro lugar, com 60.500 (sessenta mil e quinhentas) buscas mensais, seguida pela palavra-chave como fazer cupcake, com 33.100 (trinta e três mil e cem) buscas mensais.

Resumindo: este seria um ótimo nicho, pois há uma quantidade muito boa de buscas ocorrendo por estas palavras-chave!

Mas será que tem produto para rentabilizarmos? Vamos descobrir no próximo passo!

# 2 – Verificando se há produtos para rentabilizarmos nosso nicho de mercado

Agora que já definimos nosso nicho de mercado (cupcake, lembra? hehe), vamos verificar no nosso amigo Hotmart, se há algum produto disponível com este conteúdo.

É muito fácil:

  1. Basta acessar sua conta no Hotmart
  2. Clicar no menu superior em Mercado
  3. Fazer a busca por cupcake

Até o momento que eu escrevia este artigo, existiam 5 produtos disponíveis. Agora o que temos que fazer é analisar os produtos, para escolher os melhores, e iniciar nosso negócio efetivamente.

O Hotmart possui um sistema de classificação chamado Blueprint, que são os “quadradinhos azuis” presentes em todos os produtos. Quanto maior a quantidade de quadradinhos, melhor é a classificação dele.

Os produtos também possuem a Temperatura: Quanto maior a temperatura, mais o produto está sendo aceito no mercado.nicho-de-mercado-hotmart-temperatura-blueprint

Agora que você já sabe que existem produtos que podem ser comercializados no nicho de mercado escolhido, é hora de partir para o terceiro passo!

#3 – Decida-se!

Agora que você já tem a palavra-chave para o seu nicho de mercado e já pesquisou que existe um produto que pode ser comercializado, é hora de decidir se você continua ou não com o nicho de mercado escolhido.

Eu sempre faço a seguinte pergunta para mim mesmo:

Vou montar um blog ou vou apenas divulgar uma squeeze page?

A resposta para esta pergunta interfere diretamente no rumo de seu negócio online.

Ou seja, se você optar por criar um blog, deverá providenciar:

  • Isca digital, para capturar o e-mail de seus visitantes
  • Conteúdo! É o que move um blog :)
  • Sequencia de e-mails em seu auto-responder
  • Possíveis bônus

Se você optar por criar uma Squeeze Page, deverá providenciar praticamente a mesma coisa. A única diferença, é que você não publicará conteúdo no blog, já que você não tem um blog, mas o conteúdo precisará ser enviado para a sua lista, pelo auto-responder.

Percebeu a semelhança?

#4 – Avante, Empreendedor! :)

Agora que você já se decidiu, o próximo passo é registrar o domínio e providenciar a hospedagem. Isso vale tanto para o blog, quanto para a squeeze page, ok?

Agora é hora de pesquisar o domínio, e compra-lo. Como as palavras-chave mais buscadas, de acordo com a pesquisa que fizemos, foram receita de cupcake e como fazer cupcake, você já deve imaginar quais serão nossas sugestões de domínios:

  • receitadecupcake.com.br
  • comofazercupcake.com.br

E assim vai! Agora é só usar a criatividade, e lógico, usar as palavras-chave!

Conclusão

Parece um bicho de sete cabeças iniciar um negócio online, mas eu garanto que não é. Apesar de muitos empreendedores terem dificuldades com alguma ferramenta, seja com o WordPress, Páginas de Captura, Auto Responder, etc, se a pessoa tiver força de vontade e perseverança, conseguirá montar um negócio dentro de um nicho de mercado com baixa concorrência, e ter sucesso!

Quer receber um e book grátis? Clique aqui e peça já! (Como montar sua loja virtual)

R3mkt

Sem Ideia Para Criar um Negócio Online? Como encontrar um nicho de mercado lucrativo?

Começar um novo blog, como forma de ganhar dinheiro, precisa de uma boa dose de pesquisas para encontrar um nicho de mercado lucrativo. Isso porque hoje existem milhões de blogs, sobre diversos assuntos, e de alguma forma, todos querem ter lucro, não é mesmo?

Mas o que é um nicho de mercado?

Você sabe o que é um nicho de mercado? Segundo a Wikipedia:

Um nicho de mercado é um segmento ou público cuja necessidade particular são pouco exploradas ou inexistentes.

Ou seja, é basicamente encontrar um segmento de mercado, onde você poderá produzir conteúdo, conseguir tráfego, e converter este tráfego em potenciais clientes, que poderão adquirir um produto ou serviço que você possa indicar, logicamente dentro do seu segmento/nicho.

De nada adianta você ter um blog no nicho de moda, e oferecer um curso sobre como reciclar papéis. Não faz sentido!

Como encontrar um nicho de mercado lucrativo?

Para procurar um nicho de mercado, eu utilizo duas técnicas.

Observar o mundo real

Observando o mundo real, é a forma mais simples  de pensar em um mercado, e ir dividindo o mesmo, conforme exemplo:

  • Moda > Sapatos > Sapatos para mulheres ruivas
  • Esportes > Basquete > Uniformes para atletas calvos

Nos exemplos, os nichos de mercados são moda e esporte, e eles vão se subdividindo em nichos ou segmentos menores, onde podemos focar nossa atenção. Note que já utilizei o método “o que” com“quem”, ou seja, em “Sapatos para mulheres ruivas”, “o que” são os sapatos, e para “quem” são mulheres ruivas.

Não existe uma fórmula exata para saber o que é ou não é um nicho de mercado, mas geralmente juntamos o “o que” com “quem”, conforme exemplos que citei.

Indo direto ao ponto: A necessidade do público

Se você tem idéia do que o seu futuro público está procurando, então será muito mais fácil conseguir tráfego orgânico, ou seja, tráfego vindo de buscas feitas pelos internautas no Google, por exemplo.

Mas como vou saber o que os internautas estão procurando? Acredite, é simples!

Recentemente o Google (sempre o Google hehehe), lançou uma ferramenta chamada Google Trends, que é uma ferramenta que permite analisar a evolução do número de pesquisas de uma palavra-chave, ao longo do tempo.

Com esta brilhante ferramenta, é possível fazer um levantamento sobre as palavras-chave que você tem em mente, para verificar se esta palavra-chave está em ascensão nas buscas, ou se ela está perdendo força nos últimos tempos.

Como exemplo, vou utilizar a palavra-chave sapatos. Veja o gráfico:

Screen-Shot-2014-01-07-at-5.21.57-PM

Google Trends – Pesquisa por palavra-chave “Sapatos”

Neste exemplo, note que desde 2005 o número de pesquisas pelo termo vêm subindo. Seria uma boa idéia estudar melhor este nicho!

Além deste gráfico, o Google Trends ainda lhe mostra algumas pesquisas relacionadas:

Screen-Shot-2014-01-07-at-5.21.57-PM Screen-Shot-2014-01-07-at-5.24.38-PM

Google Trends – Pesquisas Relacionadas

E ainda é possível comparar termos, para ver o que ocorreu com as palavras-chave durante os últimos anos. Enfim, é uma ótima ferramenta que aconselho a utilizar.

Já encontrei um nicho de mercado, e agora?

Depois que você encontrou um nicho de mercado, você deve fazer uma pesquisa com relação a concorrência, se existem muitos blogs neste mercado, se não existe, etc. Mais uma vez, utilize o Google para verificar estas informações.

Lembre-se: Quanto mais saturado o mercado estiver, mais difícil será de você conseguir lucrar com ele.

Depois que você analisou seu nicho, agora é botar a mão na massa!

  • Registrar um domínio – de preferência com a palavra-chave do seu nicho
  • Comprar a hospedagem de qualidade
  • Adquirir um serviço de auto-responder
  • Instalar o WordPress
  • Utilizar um template para seu blog
  • Configurar os formulários de captura de e-mails
  • Produzir conteúdo

Caso você não tenha experiência com tudo isso, temos um excelente sistema de hospedagem para blogs  por R$ 45,99 com blog wordpress instalado suporte total de nossa equipe. Comece hoje mesmo a ganhar dinheiro na internet! Clique aqui e saiba mais.

Conclusão

Não é difícil ganhar dinheiro com a internet, utilizado blogs de nicho, mas é necessário um pouco de pesquisa, paciência e persistência para começar a colher os frutos de seu trabalho. Não caia na ilusão de trabalho fácil, ou dinheiro fácil, pois isso não existe!

SOCIAL MEDIA NA PRÁTICA: O INSTAGRAM COMO FERRAMENTA DE MARKETING.

 

Em 2015, as marcas atentas à social media intensificaram sua presença e ação no Instagram. Com a introdução de Ads e com o lançamento do novo app de vídeo em loop, o mundo parece ter concordado que o Instagram serve para muito mais do que publicar fotos de gatinhos ou do almoço!

As marcas que se posicionaram estrategicamente no Instagram têm uma plataforma onde podem promover a sua personalidade e criatividade, além de ter uma porta aberta para a vida e o dia a dia dos seus fãs.

Com isto em mente, muitas marcas começaram (finalmente!) a apostar em campanhas desenhadas especificamente para este aplicativo.

CASOS

NIKE

A Nike é a marca mais seguida no Instagram. Com mais de 10 milhões de seguidores, a empresa decidiu apostar em transformar estes seguidores em consumidores. Lançou, então, uma campanha que valoriza seus conceitos usando uma série de tendências-chave do comportamento da audiência, como por exemplo a autopromoção criativa que o Instagram tanto incentiva.  

Dado o sucesso do seu serviço de personalização dos tênis – NIKEiD – a Nike juntou-se ao Instagram e criou a campanha NIKE PHOTOiD, que obteve os melhores resultados no Instagram até hoje.

Esta campanha consistia na possibilidade de personalização dos tênis a partir de imagens do Instagram. Selecionada uma imagem, a Nike cria um esquema de cores semelhantes.

Depois da personalização completa, o projeto pode ser compartilhado no Instagram, Twitter, Facebook, Pinterest, Tumblr e Google+, e, ainda mais importante, os clientes podem simplesmente clicar num link e, na loja da Nike, comprar seus novos tênis personalizados.

RESULTADOS

  • 100.000 pares de ténis criados na primeira semana;
  • 600 pares de ténis criados por hora (nas horas de maior utilização); 
  • 8% clicaram para comprar ténis na Nike ID;
  • 0$ gastos em mídia.

“BLACKSTAR” DE DAVID BOWIE EM MINI-SÉRIE NO INSTAGRAM

O último álbum de David Bowie foi transformado numa mini-série difundida no Instagram:Unbound: A Blackstar InstaMiniSeries. O primeiro episódio estreou no dia 25 de fevereiro. 
 
Os produtores do InstaMiniSeries, um canal do Instagram que cria programas exclusivamente para a rede social, tiveram acesso ao álbum antes do seu lançamento e permissão do próprio Bowie para que o ouvissem e criassem “as suas próprias interpretações visuais das músicas, sem limites ou exigências da sua parte”. 

r3mkt

TOMS – CAMPANHA #WITHOUTSHOES

A TOMS é uma marca de calçado internacionalmente conhecida pelo seu lema “Um Por Um”, ou seja, por cada par de sapatos vendido, a marca tem o compromisso de oferecer um par de sapatos a crianças desfavorecidas. 

Em maio de 2015, a TOMS lançou no Instagram uma campanha com o objetivo de doar 1 milhão de sapatos a crianças carentes, pedindo às pessoas para compartilhar uma foto dos seus pés e marcá-la com a hashtag #WithoutShoes.

contentr3

Por cada foto publicada no Instagram com a referida hashtag, a TOMS doou um par de sapatos. Alguns meses depois, com um total de 358,599 fotos compartilhadas com hashtag da marca, esta campanha ultrapassou expectativas e foi um sucesso.

 

LEVI’S

Devido a sua popularidade com a geração mais jovem, a Levi’s recorreu ao Instagram para aumentar a sua exposição. Com um Ad no Instagram, a marca de jeans atingiu 7,4 milhões de pessoas nos EUA, no período de nove dias, tendo como alvo pessoas com idades entre 18-34.

cor3mkt

A Levi’s foi uma das pioneiras a usar anúncios no Instagram. No final de 2013, pelo período de 9 dias, publicou um ad onde retratava jovens com peças icônicas da marca, numa paisagem outdoor lindíssima. 

Os anúncios foram direcionados aos usuários entre os 18 e 34 anos nos EUA. Ao perceber a frequência das publicações patrocinadas, a marca se certificou de que os usuários veriam seus anúncios ao menos duas vezes.  7,4 milhões de pessoas foram atingidas pela campanha e 24% dos usuários que viram os anúncios mais de uma vez lembram-se deles, mesmo após um ano.

 

BALLANTINE’S LANÇA INSTA-ZINE

A marca de uísque Ballantine’s abriu as portas para uma nova forma de utilização da plataforma. Por um lado é uma conta de Instagram, por outro é uma revista.

Os usuários são encorajados a clicar em cada foto, na sua tag, na conta da marca (@w_issueone) para ir a fundo nas histórias sobre a bebida.

contentr3mkt

NÃO É UMA FOTO. NÃO É UM GIF. É O BOOMERANG! 

Em outubro de 2015 foi apresentado ao mundo o Boomerang, um novo aplicativo para o Instagram que transforma qualquer momento num loop infinito. Esta funcionalidade permite tirar várias fotos em sequência e usar as imagens para criar uma espécie de vídeo, como um GIF – contudo, não é um GIF! 

A diferença dos vídeos criados pelo app e um GIF é que eles rodam num movimento infinito de trás para frente e de frente para trás. Não há começo, meio e fim, como numa animação convencional. É possível fotografar com o Boomerang nos modos paisagem e retrato. Depois, é possível compartilhar sua criação no Instagram.

COMO SE POSICIONAR NO INSTAGRAM DE FORMA ESTRATÉGICA

1. CRIE CONTEÚDO RELEVANTE E DE QUALIDADE

Não se esqueça de que a qualidade do conteúdo é muito importante! Você deve dar atenção à publicação na sua totalidade. A resolução da imagem é fundamental, mas pense na mensagem que quer passar. Ofereça um conteúdo único, que os usuários não encontrem em nenhum outro lugar (exemplo: behind the scenes, produção, etc…). 
2. CONTE A SUA HISTÓRIA

Seja autêntico quanto ao conteúdo compartilhado e criará ligações fortes com a sua audiência. O Instagram facilita a comunicação da personalidade e valores das marcas de forma criativa. 

3. AUMENTE A SUA AUDIÊNCIA E SE RELACIONE

Divulgue a sua conta do Instagram nas redes sociais onde sua marca está presente. Quem te seguir no Instagram, estará interessado na sua marca e nos seus conteúdos, por isso mantenha o diálogo e se relacione com eles.

4. USE HASHTAGS

Crie e incentive o uso de hashtags relacionadas com a sua marca, evento, produto ou campanha. As hashtags são uma poderosa ferramenta para medir o ROI, e, ao mesmo tempo, são um forte incentivo ao engajamento da sua audiência. Essa é, também, uma ótima forma de monitorar o conteúdo gerado pelo usuário da sua marca.

Ricardo Gomes

R3mkt