Como Funciona o BlockChain?

Na última década, a era digital fez um grande avanço trazendo muitas mudanças, uma delas é a cadeia de blocos.

Um termo que se tornou muito popular hoje porque é a base de muitos projetos inovadores que prometem revolucionar o mundo.

O que é o Blockchain?

A tecnologia blockchain ou também conhecida como cadeia de blocos é uma base de dados pública e totalmente descentralizada.

Uma vez que não é controlada por nenhuma entidade, no qual todas as transações feitas na rede estão registradas.

Quer dizer: 

A cadeia de blocos funciona como um livro de contabilidade, onde os registros que são feitos nela.

Estão ligados como uma cadeia e, por sua vez, são criptografados, de modo que haja segurança e privacidade nas transações realizadas.

De modo que dessa maneira pode evitar qualquer tipo de modificação maliciosa uma vez que os dados são publicados.

Em geral, esta rede de cadeias de blocos é usada principalmente para transações financeiras, embora nem sempre esteja ligada ao dinheiro, uma vez que existe a possibilidade de trocar qualquer outro bem, bem ou serviço.

Como funciona a cadeia de blocos?

O funcionamento da cadeia de blocos pode ser um pouco incompreensível para aqueles que não estão familiarizados com o mundo da tecnologia e da economia virtual.

No entanto, esse processo não é tão complicado como parece ser.

Para entender facilmente a maneira como esta cadeia de blocos atua, o processo de operação está listado abaixo:

1- Realizar a transação

Ao fazer uma transação, um intermediário é sempre necessário, por exemplo: 

Quando você quer fazer uma transferência bancária para outra pessoa, o banco é o intermediário, que tem suas próprias regras e cobra suas comissões. 

Com o blockchain, isso não acontece, pois não há intermediários.

A cadeia de blocos cria uma nova maneira de troca digital, uma vez que não há intermediários, as pessoas interessadas em fazer o intercâmbio só devem proceder à transação.

Que é empacotada com as outras transações pendentes e, assim, formar algo conhecido como: “bloco”.

2- O bloco

Os blocos são aqueles que são formados por todas as transações feitas. 

Uma vez que as transações pendentes são formadas em um bloco, ele passa a ser enviado para uma rede de computadores ou nós que participam desse sistema de cadeias de blocos.

3- Verificação

Uma vez que os blocos são enviados para a rede digital, cada uma das transações é avaliada. 

Nesta fase, os usuários aparecem, conhecidos como mineiros, que são responsáveis ​​pela avaliação de cada uma das transações e, por meio de cálculos matemáticos, determinam se elas são válidas. 

Quando esse processo ocorre, pode-se dizer que as transações foram verificadas.

Vale ressaltar que, se um sistema não possuir os “mineiros” conhecidos, deve ser responsável por criar seus próprios nós, que são responsáveis ​​pela validação dos blocos de informações.

4 – Hash e criação de cadeia

Cada bloco que contém transações verificadas é adicionado a uma string por meio de um hash criptográfico, que faz parte do código que foi gerado por operações matemáticas. 

Uma vez que a cadeia é adicionada, é registrado que os registros são transparentes e não podem ser falsificados.

5- Processo final

Neste último passo, o bloco já foi vinculado corretamente, portanto, a troca se torna efetiva e o receptor obtém seu dinheiro ou qualquer outro recurso que seja de valor (também pode ser informação).

Futuro da cadeia de blocos: esta tecnologia pode realmente revolucionar o mundo?

Ao conhecer a maneira como a cadeia de blocos funciona, observe o enorme potencial que possui e as oportunidades que traz, uma vez que é uma tecnologia descentralizada, rápida e segura.

O que torna impossível modificar ou eliminar qualquer registro, bem como permite reduzir os custos de transação; portanto, é um sistema muito confiável.

Devido a isso, mais e mais pessoas e instituições financeiras optaram por entrar neste sistema digital, pois é uma tecnologia inovadora capaz de transformar o modo como as operações são realizadas. 

Além disso, pouco a pouco a cadeia de blocos foi integrada em muitas aplicações móveis.

Utilizadas para: a verificação de dados pessoais, títulos de propriedade de documentos, bem como pagamentos móveis, entre outros.

Muitos especialistas do campo vêem a cadeia de blocos como a tecnologia do futuro, uma vez que se posiciona no mundo com sucesso, tanto na era digital quanto na financeira.

Esta cadeia de blocos fará com que muitos setores mudem sua maneira de pensar e ver as coisas, para que mais e mais projetos estejam interessados ​​em implementar a tecnologia blockchain. 

Isso pode causar no futuro; não muito longe, um impacto maior na sociedade, sendo usada em larga escala e em muitas situações cotidianas.

Gostou desta matéria?  Compartilhe com seus amigos em sua rede social.

Deixe seu comentário ou suas sugestões no campo abaixo.

Ricardo Gomes

Sou Analista de Sistemas, entusiasta da Blockchain e entusiasta da escrita.

Doações em Bitcoins através da carteira:

R3mkt Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *