Categoria: Criando uma loja virtual

3 cuidados importantes para quem está começando ou pensando em Vender Online

começar-a-vender-online-0.1

Vender sempre será uma necessidade de todas as empresas e, com a internet cada vez mais presente.

Alguns formatos ganharam grande destaque devido ao crescimento financeiro, como o comércio eletrônico de produtos (e-commerce) e cursos (e-learning).

Mas se aventurar em vendas online exige muito mais do que ter um bom site e um produto/curso competitivo.

Você precisará ter um relacionamento com sua audiência e se posicionar como autoridade no seu assunto para assim manter uma comunicação agradável até chegar no momento de compra.

Por isso no artigo de hoje mostramos alguns pontos importantes sobre vendas Online para quem está começando.

(E que vale de revisão para quem já tem uma loja virtual de sucesso). Confira!

Os cuidados para Vender Online

Para entendermos o Inbound Marketing como uma metodologia ideal para quem vende online, precisamos primeiro deixar claro os principais cuidados que impactam a venda digital.

São eles:

1) COMUNICAÇÃO SIMPLES E DIRETA

É fato que estamos todos sempre corridos e isso se reflete quando navegamos na internet.

Por isso, quem vende um produto ou curso deve ser claro na sua mensagem, de modo que quem está navegando possa identificar rapidamente os pontos principais da oferta.

Mas cuidado!

Ser claro não significa copiar do fornecedor a melhor mensagem mas sim desenvolver o seu “modo de vender” com uma comunicação única e bem trabalhada.

2) VENDE-SE UMA IMAGEM E ENTREGA-SE UM PRODUTO

Muito ligado ao e-commerce, mas também influente no e-learning, as imagens são impactantes na decisão de comprar algo online.

Unifique uma imagem bem trabalhada com o item anterior (comunicação) e você começará a ter uma atuação de qualidade.

3) NÃO “PEDIR EM CASAMENTO NO PRIMEIRO ENCONTRO”

O erro tradicional de muitos que estão começando com vendas online é considerar que o seu produto ou oferta irá converter rapidamente, mas não é bem assim.

Afinal, cada pessoa está em um momento de compra e muitas pessoas até terão interesse mas não conseguirão comprar agora.

Por isso, o seu marketing precisa estar preparado para se relacionar, seja com um blog posicionado como autoridade (repassando conteúdos importantes).

Ou com materiais para download grátis, onde você solicita – em troca da conversão – o e-mail do visitante (para começar o Marketing de relacionamento).

Ainda que sejam simples, é importante destacar esses três pontos pois eles correspondem a uma parcela muito grande dos erros na atuação digital dos vendedores.

Outros pontos também impactam mas iremos falar deles mais à frente.

Por hora, vamos entender quais são os pontos-chave do Inbound para Vendas Online.

Como o Inbound Marketing potencializa suas vendas online

A aplicação da metodologia do Inbound tende a ser um passo importante para o desenvolvimento e consolidação dos resultados financeiros diante do seu mercado e dos desafios.

Neste processo, alguns pontos ficam evidentes:

1) Ter outras opções no site (além da venda);
2) Capturar Leads interessados no seu assunto;
3) Relacionar-se com essa base até o momento de compra;
4) Maior confiança na decisão de compra (autoridade);
5) Poder maximizar os resultados através da Automação de Marketing.

Para exemplificar, vamos considerar que um visitante acessou o seu site (e você já pratica o Inbound Marketing).

Durante a navegação, ele encontra os botões de comprar o produto/curso mas também encontra outras opções (como eBooks gratuitos).

Como ele se interessa pelo tema, mas está sem dinheiro ou tempo, apenas baixa o material.

Depois de alguns dias ele recebe um e-mail (da sua automação) de uma pessoa que é autoridade no assunto, passando mais dicas importantes.

Com calma, ele verifica essas dicas e vai aumentando o interesse na solução.

Em determinado momento, ele recebe um e-mail com teor promocional e, agora que ele já acompanha você, não resiste e compra a sua oferta.

Ainda que não ocorra necessariamente sempre nesse formato, o exemplo acima é bem comum de acontecer. (E talvez até você já tenha vivenciado algo assim).

Agora, se você ainda tem alguma duvida, deixe sua pergunta ou seu comentário logo abaixo!

ricardo

Ricardo Gomes

Consultor.

 

Aula 5 – A melhor maneira de atrair clientes para sua loja virtual ou seu negócio Online.

Loja virtual

Olá amigos, esta é a quinta aula sobre como vender na internet hoje iremos falar em como atrair clientes para sua loja virtual, estas dicas também podem ser usados em qualquer negócio online.

Criar um plano de marketing para seu negócio online e atrair clientes para sua loja virtual ou seu site é muito mais difícil do que a comercialização em um blog ou qualquer outro tipo de site.Por quê? É porque ninguém realmente se preocupa com o seu negócio. Ninguém realmente quer saber o que você tem para vender e ninguém gosta de ser levado a uma página de vendas através de uma rede social.Mesmo se você pensa que está oferecendo os produtos mais magníficos que nunca, por pessoas irão ignorá-lo, a menos que eles saibam quem você é.

As pessoas odeiam páginas de vendas em mídias sociais.

Comprovadamente o marketing nas mídias sociais está cada vez mais difícil, por exemplo: O se você promove seu produto no facebook você está em um território onde as regras de marketing sempre irão ser modificados sem a sua consulta, simplesmente publicar a sua URL da sua loja online no Twitter ou Facebook não significa que você irá obter clientes.

Por outro lado, a maioria das pessoas são extremamente desconfiados de qualquer tipo de página de vendas que encontram. Qualquer publicação que se assemelhe a uma página do produto está sendo ignorado.Por exemplo, sempre que eu clicar no meu botão do StumbleUpon ou um link do Twitter e estou sendo direcionado para a página completa de produtos, o usuário fica chateado e sai imediatamente.

Da mesma forma, eu odeio quando estou nos fóruns e eu noto que alguém deixou aleatoriamente um link para seu site de comércio eletrônico. Simplesmente inserir o sua URL da sua loja para desinteressados ​​não vai funcionar porque ninguém está prestando atenção!

Você precisa criar uma conexão!

A outra coisa que você precisa entender é que os clientes não necessariamente irão fazer compras em sua loja por causa de seus produtos em si. Eles estão comprando em sua loja porque você criou uma conexão de alguma forma. Eles querem comprar de você por causa da sua personalidade de seus objetivos em criar a loja.

A melhor maneira de ilustrar este ponto é contar uma história sobre uma experiência que você teve em uma empresa que você trabalhou, por exemplo: 

Na época, eu era um engenheiro de hardware placas de circuito concepção e eu tive que selecionar um dispositivo para usar no meu projeto a partir de 2 fabricantes concorrentes. Empresa # 1 foi o líder em seu campo. Eles produziram dispositivos que foram tecnologicamente superior a qualquer outra pessoa. Hoje com minha experiência e conhecimento estou criando esta loja virtual para poder ajudar e esclarecer a todos que precisam de um equipamento de qualidade ou tirar quaisquer dúvidas a repeito desta tecnologia.”

 

A chave aqui é que o produto é superior e nem sempre há a obrigação de comprar e sim tirar dúvidas sobre o  próprio produto.

Se você puder estabelecer algum tipo de conexão com seus clientes através de seu site ou serviço ao cliente, então você terá o que chamamos de reciprocidade.  

Na verdade, essa é uma das principais maneiras que um pequena loja ou boutique virtual poder almejar um patamar maior. A chave é fazer com que as pessoas queiram comprar de você e mais ninguém. E para fazer isso você precisa fazer sua loja se destacar das demais.

Como atrair e fidelizar clientes.

Estratégias para atrair clientes são mais simples do que parecem ser e podem auxiliar de pequenas a grandes empresas. Existem algumas medidas que podem ser tomadas por qualquer tipo de loja virtual e que, certamente, ajudarão os lojistas a reforçar sua imagem perante os clientes, além de trazer confiança para a sua marca e mais compras no futuro. Observe tudo que pode ser feito!

PARA ATRAIR

  •  Integrar a loja virtual às mídias sociais: é importante criar uma relação mais próxima com o cliente. Isso fará com que ele crie mais simpatia pela sua loja, além de trazer uma série de outros benefícios;
  • Otimizar sua marca e seus produtos nas ferramentas de busca: estar entre os primeiros nos resultados de busca é a melhor forma de ampliar a visibilidade de seu e-commerce. Utilize o auxílio de plataformas especializadas, mas também invista em conteúdo! As duas estratégias são igualmente relevantes;
  • Estar presente em sites comparadores de preços: importante para ampliar as possibilidades de venda. Procure se associar a sites confiáveis, como Buscapé e ShoppingUOL;
  • Associar a empresa a comunidades de compra e venda: ótima opção para atrair mais consumidores, estar cadastrado em um marketplace confere mais credibilidade à loja.

 

PARA CONQUISTAR E FIDELIZAR

  • Investir em promoções e ofertas especiais: são as estratégias que mais atraem clientes! Uma boa medida é fornecer cupons de desconto, estimulando ainda mais a compra.
  • Ter cuidado com o estoque e prazos de entrega: esses cuidados de logística demonstram organização e respeito pelo cliente. Caso o pedido não seja entregue dentro do prazo estabelecido, por exemplo, o cliente pode, simplesmente, não confiar mais em sua loja para realizar compras. Tenha cuidado.
  • Trabalhar a comunicação com os consumidores.
  • Variar na oferta de produtos: além de ser entediante para o consumidor ver sempre as mesmas ofertas disponíveis, conter um MIX básico de produtos oferece mais comodidade. Caso sua loja seja exclusiva para um segmento, invista em qualquer tipo de variação que seus produtos contenham, como cores. Diversifique!
  • Produzir conteúdo de qualidade: é cada vez mais importante que as empresas invistam em conteúdo, desde que o mesmo seja relevante e que ofereça informações úteis ao usuário. O excesso de informações desnecessárias gera a perda de interesse e, consequentemente, a perda de venda. O envio de e-mail marketing, por sua vez, também deve destacar o conteúdo essencial com clareza, sempre de acordo com o perfil do consumidor. É preciso lembrar que, quando visita um e-commerce, o cliente procura comodidade, facilidade e rapidez. Seja objetivo e facilite a experiência de compra!
  • Diversificar as condições de pagamento: o valor da compra e as condições de pagamento são fatores primordiais na decisão de compra. Faça o que puder para facilitar a vida de seu cliente e ofereça a ele mais de uma opção nesse quesito. Vale a pena investir.
  • Oferecer um canal de atendimento: além de promover um bom atendimento e de treinar sua equipe para que ela consiga tirar dúvidas e satisfazer as necessidades de seus clientes, é interessante estabelecer um canal de comunicação que seja simples e eficiente.
  • Oferecer benefícios: diferencie clientes, personalize o tratamento, invista em diferencias aos clientes mais antigos, entre outras estratégias. Faça com que sua marca seja lembrada pela maneira positiva com que lida com seus consumidores.
  • Manter o ambiente organizado: seja em uma loja física ou virtual, a desorganização confunde o olhar e atrapalha a experiência de compra do cliente, o que pode fazer com que ele desista de seus produtos. Preste atenção!
  • Administrar as redes sociais de forma amigável: quando utilizadas de forma adequada, as redes sociais podem se tornar a melhor maneira de estabelecer vínculos com seus clientes.
  • Incluir frete grátis (de acordo com as melhores condições para a empresa e para os clientes).
  • Ter o cuidado de apresentar as informações sobre os produtos de maneira completa, pois ela é o interesse principal do cliente: invista em imagens de boa resolução, que consigam ilustrar todos os detalhes do produto oferecido. Além disso, faça descrições relevantes e, principalmente, sinceras.
  • Desenvolva uma maneira amigável de manter o botão de “comprar” como o centro das atenções: caso seja difícil de encontrá-lo, o cliente pode perder o interesse; portanto, nada de deixá-lo escondido!
  • Pense em estratégias para recuperar seus clientes: mesmo se a compra não for finalizada, não se desespere! É possível atraí-lo de volta à sua empresa através de alguns artifícios, como enviar um e-mail com o link do carrinho ou fornecer um desconto nos produtos anteriormente abandonados. Além disso, é interessante presentear seu cliente com um brinde para que ele retome a compra.

Esforce-se para fazer sobressair o seu negócio! Que os clientes saibam que você é bom no que faz e oferece!

Próxima aula explicarei como trabalhar com e-mail marketing e quais as ferramentas disponíveis, se você gostou compartilhe com seus amigos esta publicação.

Ricardo Gomes R3MKT

Aula 4 – Dicas para fidelizar os clientes da sua loja virtual

Dicas para fidelizar os clientes da sua loja virtual

 

 

 

 

 

 

 

Olá amigos esta é a quarta aula de como criar uma loja virtual, espero que goste e compartilhem nosso post.

Fidelizar os clientes do seu e-commerce deve estar no topo da sua lista de investimentos. Afinal, as probabilidades de vender para alguém que já fez negócios com você é de 60% a 70%. Já para um novo comprador, a chance é de 5% a 20%.

Não sabia que conseguir um novo cliente é muito mais caro do que fazer ações com os que já “são de casa”? Confira as nossas dicas para fidelizar os seus clientes e gerar o desejo de comprar sempre na sua loja!

1- Surpreenda na entrega

O momento de quando o produto chega à casa do cliente é um dos mais importantes no processo da compra. Afinal, a pessoa está ansiosa para que a mercadoria seja entregue para aproveitar a aquisição.

Essa é uma ótima chance que você tem de surpreender, encantar e potencializar esse sentimento bom que dá quando chega a entrega. Dessa maneira, veja alguns cuidados importantes para esse momento:

  • Cuide para que a embalagem seja bonita;
  • Envie algum mimo, como adesivos, um poster, um imã ou o que combinar com a sua marca e com o seu produto;
  • Mande um cupom com código de desconto para uma próxima compra.

2- Resolva o problema do cliente imediatamente

Esteja apto a ajudar o cliente no que for preciso, quando e onde ele procurar por você: nas redes sociais, no e-mail, no site, quando ele tiver alguma dúvida antes de comprar um produto ou depois do pedido. Ou seja, se houver algum problema na compra, apenas resolva-o.

Os bastidores do problema não podem chegar ao cliente. Diga “você vai receber o seu produto” em vez de “vamos apurar com a nossa transportadora.” Se for um problema muito grave, não hesite em fazer contato com ele diretamente.

3- Promova a exclusividade

De que forma você pode fazer o seu cliente se sentir importante? Uma boa dica é fornecer informações exclusivas, como enviar um e-mail mostrando a nova coleção antes do lançamento.

Aproveite para aprimorar a qualidade do seu negócio ouvindo quem já comprou de você: mande um breve questionário sobre a experiência de compra. Afinal, o cliente gosta de ter a sua opinião valorizada.

4- Faça a segmentação da base de cadastro

Reúna o cadastro dos seus consumidores que têm características em comum e faça campanhas específicas de e-mail marketing. Separe por clientes que compram sempre, que compraram acima de um determinado valor ou que só fizeram a primeira compra, por exemplo.

Veja que tipo de produtos eles compraram da última vez e ofereça um desconto na categoria. Se puder, ofereça fretes grátis para determinadas regiões.

5- Encante o seu cliente

Uma experiência de compra é construída a partir de todas as interações entre você e o seu cliente. Desde quando ele ainda é um visitante até o momento em que ele já está consumindo o seu produto.

6- Comunicação

É difícil criar clientes leais, se eles não estão prestando atenção em você. Dado este fato, a seguir são nossas partes favoritas de pesquisa sobre comunicação clara com os clientes.

a. O suporte para algo.

A maneira mais rápida de seus clientes ignorá-lo é você não representar nada. Um estudo realizado pelo Corporate Executive Board, que incluiu 7.000 consumidores de todo os EUA descobriram que dos consumidores que disseram ter um forte relacionamento com uma marca, 64 por cento citaram valores como a principal razão compartilhada. Se você quer que os clientes fiéis, você precisa fazer com que eles se preocupem com sua marca.

Então o que você representa?

b. Chame o ego interior.

Apesar do que muitas vezes dizemos, a maioria das pessoas gostam de coisas que os lembram de alguma forma. Este viés cognitivo é chamado egoísmo implícito, e é uma coisa importante a ter em mente quando se comunicar com os clientes. A fim de atrair o tipo de clientes que você quer, você precisa para identificar seus clientes-alvo até o último detalhe e, em seguida, criar uma mensagem de marca que combina perfeitamente com suas dores, objetivos e aspirações. É mais fácil para preencher essa demanda existente do que criar um.

Agora veja os motivos pelos quais o usuário desiste da compra.

É absolutamente normal que clientes desistam das compras no mundo online e isso não é necessariamente um problema. Porém, existem alguns fatores que podem estar fazendo com que ele pare no meio do caminho e repense a aquisição. Confira alguns deles:

  • Não se decidiu ainda;
  • O preço final é alto;
  • Só colocou itens no carrinho para “ver mais tarde”;
  • A plataforma de compra não foi objetiva quanto ao valor do frete;
  • Não existe a opção “comprar como convidado”;
  • O formulário de cadastro e compra tem muitos campos para preencher, ou pede informações desnecessárias;
  • O processo de check-out é muito complicado ou inseguro;
  • A página de check-out não oferece o progresso da compra;
  • O site é muito lento e demora a carregar;
  • Cobra taxas extras;
  • Não existem muitas formas de pagamento.

Para que você consiga fidelizar os clientes do seu e-commerce, cuide para que, em todas essas etapas, o consumidor se encante pela sua marca. Esse é o grande “pulo do gato”!

Ricardo Gomes.

R3MKT